Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket O Tronco da Teia

sábado, novembro 27, 2004

5:57 da tarde
Como os carteiros americanos

Antes de ser Monsieur Hulot, Jacques Tati foi um carteiro que gostava de ser como os seus colegas americanos, que entregam o correio de helicóptero e atravessam anéis de fogo com as suas motorizadas para levar a carta ao seu destino. Tudo o que o pobre carteiro de Tati, François, tem é uma bicicleta para distribuir cartas e encomendas entre os habitantes de uma pequena aldeia francesa. François, que faz lembrar Charles De Gaulle se este fosse um carteiro, é a personagem central de "Há Festa na Aldeia" ("Jour de Fete"), o primeiro filme de Jacques Tati e agora pode ser visto em DVD na sua versão colorida - Tati filmou duas versões, uma a cores e outra a preto e branco, e só há poucos anos, depois da morte do realizador, foi lançada a versão colorida, tal como Tatit queria. Já sabem, se só puderem comprar este natal um "pack" de DVDS, comprem o "pack" Tati. São quatro filmes indispensáveis, a saber "Há Festa na Aldeia", "As Férias do Sr. Hulot", "O Meu Tio" e "Playtime". Do melhor que alguma vez se fez no cinema.

|

Por Eduardo D. Madeira Jr.

quinta-feira, novembro 25, 2004

7:47 da tarde
A gerência avisa

"O Tronco da Teia" vai retomar a sua actividade normal dentro de poucos dias. Não nos apagem das vossas bookmarks nem dos vossos corações.

|

Por Eduardo D. Madeira Jr.

Blogs
Academy Members
Links
Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

EMAIL aberto a crí­ticas, sugestões, ameaças de morte e declarações de amor EduardoMadeira

Últimas teias

Me aguardem... ::: Google works in mysterous ways VIII Pois é, as pe... ::: Tonight only "Moonfleet - O Tesouro do Barba Rui... ::: O melhor filme que vi em 2006 ::: James Brown (1933-2006)The Godfather of Soul. Tenh... ::: Uma prenda de mim para mim"Uma viagem com Martin S... ::: Google works in misterious ways VII Confesso que e... ::: A parceria Tirado do Jornal de Letras desta quinz... ::: A constatação Este blog nunca dará um livro... ::: Breaking News Esqueçam, para já, o festival de bla... :::

Teias cheais de teia

08/01/2003 - 09/01/2003 ::: 09/01/2003 - 10/01/2003 ::: 10/01/2003 - 11/01/2003 ::: 11/01/2003 - 12/01/2003 ::: 12/01/2003 - 01/01/2004 ::: 01/01/2004 - 02/01/2004 ::: 02/01/2004 - 03/01/2004 ::: 03/01/2004 - 04/01/2004 ::: 04/01/2004 - 05/01/2004 ::: 06/01/2004 - 07/01/2004 ::: 07/01/2004 - 08/01/2004 ::: 08/01/2004 - 09/01/2004 ::: 09/01/2004 - 10/01/2004 ::: 10/01/2004 - 11/01/2004 ::: 11/01/2004 - 12/01/2004 ::: 12/01/2004 - 01/01/2005 ::: 01/01/2005 - 02/01/2005 ::: 02/01/2005 - 03/01/2005 ::: 03/01/2005 - 04/01/2005 ::: 04/01/2005 - 05/01/2005 ::: 06/01/2005 - 07/01/2005 ::: 07/01/2005 - 08/01/2005 ::: 09/01/2005 - 10/01/2005 ::: 10/01/2005 - 11/01/2005 ::: 11/01/2005 - 12/01/2005 ::: 01/01/2006 - 02/01/2006 ::: 02/01/2006 - 03/01/2006 ::: 04/01/2006 - 05/01/2006 ::: 09/01/2006 - 10/01/2006 ::: 10/01/2006 - 11/01/2006 ::: 11/01/2006 - 12/01/2006 ::: 12/01/2006 - 01/01/2007 ::: 01/01/2007 - 02/01/2007 ::: 09/01/2007 - 10/01/2007 ::: 09/01/2008 - 10/01/2008 :::

O Blog do cinema esquecido, o bom e o mau. Por Eduardo D. Madeira Jr

Get awesome blog templates like this one from BlogSkins.com